As estações mais frias chegaram! É hora de tirar o cobertor e os casacos do armário e dar um reforço na saúde e beleza do corpo! A boa notícia é que isso pode ser feito com duas substâncias naturais, os óleos de gergelim e linhaça prensados a frio.

Cada tem propriedades que ajudam a prevenir e combater processos inflamatórios, olhos ressecados, deixar a pele mais hidratada e melhorar a imunidade do corpo.  

Vamos explicar mais sobre esses dois óleos naturais que podem fazer a diferença para sua imunidade!

Óleo de linhaça

oleos-de-gergelim-e-linhaca-prensados-a-frio-1

O óleo de linhaça tem uma altíssima concentração de ômega 3 (aproximadamente 50%) e é um ácido graxo essencial para o bom funcionamento de várias funções do corpo.

A linhaça é rica em ALA (Ácido Alfa Linolênico), que é uma das principais substâncias responsáveis pela produção de energia para nossas células. E mais: o ALA é a principal “matéria prima” para a produção de EPA (ácido eicosapentaenoico) e o DHA (ácido docosahexaenoico) em nosso organismo.

O EPA e o DHA são ácidos graxos poli-insaturados ômega 3 de cadeia longa responsáveis pelo bom funcionamento de vários sistemas do corpo, entre eles: imune, cardiovascular, inflamatório e nervoso.

Veja como ele pode ajudar nas estações mais frias:

1 – Olhos ressecados 

São um problema comum no frio, pois também é uma época de tempo mais seco. Algumas pessoas não conseguem ter a lubrificação ocular necessária e isso pode se tornar um incômodo.

A linhaça, rica em ácidos graxos Ômega 3, pode ser utilizada como prevenção e também auxiliar no tratamento da síndrome do Olho Seco.

Por conter agentes anti-inflamatórios e propriedades de alterações de lipídios, o óleo de linhaça prensado a frio auxilia na redução de inflamações do corpo todo, inclusive da superfície ocular, onde atuam sobre a inflamação das glândulas de produção de lágrimas.

2 – Cabelos secos e unhas fracas

No frio, os banhos quentes podem deixar os cabelos mais quebradiços e oleosos e as unhas mais fracas. O ácido graxo ômega 3, abundante no óleo de linhaça prensado a frio, pode contribuir para o crescimento saudável do cabelo, aumentando a hidratação e brilho dos fios. Isso graças à propriedade anti-inflamatória do ômega 3, que também ajuda a nutrir as unhas secas ou quebradiças.

Óleo de gergelim

oleos-de-gergelim-e-linhaca-prensados-a-frio-2

O óleo de gergelim prensado a frio pode: melhorar a saúde dos cabelos e da pele, estimular o crescimento ósseo, reduzir a pressão arterial, melhorar a saúde do coração, controlar a ansiedade e depressão, melhorar a saúde dental, prevenir o câncer, melhorar o processo digestivo e reduzir a inflamação.

Entre seus compostos estão dois ácidos graxos polinsaturados antioxidantes, a sesamina e a sesamolina. Eles regulam compostos conhecidos como eicosanoides, responsáveis por melhorar a imunidade do corpo, protegendo contra gripes e resfriados.

Veja como eles podem ajudar nas estações mais frias:

1 – Age na saúde da pele e cabelos

No frio, temos a tendência de tomar banhos mais quentes e demorados. Isso remove a camada lipídica da pele que protege a pele de infecções, inflamações e alergias. Além disso, os cabelos também podem ficar mais ressecados.

As sementes de gergelim contêm altos níveis de zinco, um componente vital na formação de colágeno, que fortalece o tecido muscular, cabelos e pele.  

2 – Protege contra inflamações

O cobre é uma substância anti-inflamatória natural, e os altos níveis desse mineral encontrados no óleo de gergelim prensado a frio, podem ajudar a reduzir a inflamação e desconforto de várias doenças, como a gota e artrite.

Este óleo também reduz o inchaço das articulações, fortalece os ossos e vasos sanguíneos, ajudando a mantê-los fortes e resistentes por muitos anos, sem sinais de dolorosas inflamações, que tendem a aumentar com o frio.

Além disso, o óleo de gergelim prensado a frio, é uma das maiores fontes naturais de tocoferol, também conhecido como vitamina E. A vitamina E é mundialmente conhecida e consumida graças às suas poderosas propriedades antioxidantes, que possuem um papel fundamental na proteção do organismo contra os efeitos oxidativos prejudiciais encontrados no ambiente.

Mas como consumir estes óleos?

oleos-de-gergelim-e-linhaca-prensados-a-frio-3

Linhaça: existem basicamente duas formas de consumir a linhaça: através de suplementos ou triturada. Se optar por suplementos, é necessário que o óleo de linhaça seja extraído de maneira 100% natural, ou seja, 100% a frio. Somente dessa forma é possível garantir que todos os nutrientes funcionais da linhaça sejam conservados no resultado final do óleo.

Se optar por consumi-la triturada, experimente colocá-la nas frutas do café da manhã, em sucos, iogurtes, vitaminas, saladas, sopas ou feijão. Você também pode cozinhar pães, quibes e tortas com linhaça.

Gergelim: as sementes podem ser polvilhadas nas saladas, molhos e acrescentadas ao seu iogurte. Já o óleo pode ser adicionado à sua dieta em forma de suplementos, lembrando que para ter as propriedades funcionais preservadas, ele deve ser extraído a frio!

Gostou de saber um pouco mais sobre os óleos de gergelim e linhaça? Compartilhe com seus amigos e espalhe saúde por aí. Afinal, compartilhar saúde é Vital!

Referências
healthline.com
prevention.com
draxe.com

A Vital Âtman não indica a automedicação e a interrupção de qualquer tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Para que as ações destes importantes nutrientes sejam bem aproveitadas, recomendamos uma dieta equilibrada, rica em Legumes, verduras e Frutas, evitando alimentos ultra processados, de acordo com as orientações do Novo Guia Alimentar.

Para começar a obter os efeitos desejados, recomendamos o consumo por um período mínimo de 3 meses.

 

Benefícios do Óleo de Sementes de Linhaça

Os principais benefícios e curiosidades dessa semente tão poderosa em um único e-book

Baixe gratuitamente o e-book: Benefícios do Óleo de Sementes de Linhaça

Baixe nosso E-book grátis