Cada vez mais passamos longas horas em locais fechados como shoppings, escritórios e, quando estamos ao ar livre, sempre damos um jeito de nos proteger do sol. Isso faz com que os níveis de vitamina D em nosso corpo fiquem bem abaixo do recomendável.

Isso porque o sol converte essa vitamina (já reconhecida como hormônio) através dos raios solares, mas você também pode obtê-la através de bons suplementos, que é uma forma prática e segura de garantir a quantidade necessária de vitamina D que o organismo precisa.

Mais quais são os benefícios da vitamina D?

1 – Melhora o sistema imunológico

conheca-sete-principais-beneficios-da-vitamina-d-para-a-saude-1

A vitamina D ajuda na proteção contra o desenvolvimento de condições autoimunes, além de resfriados comuns menos graves e da gripe.

De acordo com pesquisadores da Universidade de Boston (EUA), isso acontece porque nossas células imunes contêm receptores para a vitamina D, e foi demonstrado que a vitamina D pode prevenir respostas inflamatórias prolongadas ou excessivas.

A inflamação é muitas vezes a raiz de muitas doenças crônicas e doenças autoimunes como esclerose múltipla, artrite reumatoide, síndrome do intestino irritável e outros distúrbios digestivos e pressão alta.

2 – Contribui para a saúde óssea e dos dentes

conheca-sete-principais-beneficios-da-vitamina-d-para-a-saude-2

A vitamina D desempenha um papel importantíssimo na absorção de cálcio para os ossos. O calcitriol (vitamina D convertida) trabalha com o hormônio da paratireóide para manter os níveis de cálcio.

Além disso, a vitamina D tem um efeito sobre outras vitaminas e minerais importantes que contribuem para a saúde, incluindo a vitamina K e o fósforo.

A deficiência de vitamina D pode resultar no amolecimento dos ossos ou raquitismo. Além disso, a falta dela aumenta o risco de desenvolver osteoporose e fraturas.

3 – Ajuda a prevenir o diabetes

Segundo uma pesquisa realizada na London School of Medicine and Dentistry, o cálcio é necessário para a secreção de insulina, e a vitamina D promove a absorção e utilização do cálcio, contribuindo para a regulação da secreção de da mesma. Níveis regulados de insulina são fundamentais para evitar o diabetes.  

E mais: de acordo com um estudo publicado no Current Diabetes Reviews, a reposição de vitamina D tem efeitos benéficos em todos os aspectos do diabetes tipo 2, incluindo incidência, controle e complicações da doença. Há também evidências crescentes ligando baixos níveis de vitamina D ao diabetes.

4– Ajuda a evitar doenças cardíacas

Um número crescente de pesquisas aponta para o fato de que a deficiência de vitamina D está ligada ao aumento dos riscos de doenças cardiovasculares, uma vez que ela está envolvida na regulação da pressão arterial, níveis de colesterol e inflamação.

Estudos em animais mostraram que a interrupção da vitamina D promove hipertensão, aterosclerose e hipertrofia cardíaca. Sabemos que humanos com deficiências têm maior probabilidade de morrer de doenças cardíacas coronárias e outros sintomas relacionados ao coração, de acordo com uma pesquisa do Vanderbilt University Medical Center.

5 – Pode proteger contra o câncer

conheca-sete-principais-beneficios-da-vitamina-d-para-a-saude-3

Os sintomas de deficiência de vitamina D têm sido relacionados com o aumento dos riscos para o desenvolvimento de câncer, especialmente câncer de mama, cólon e próstata. De acordo com uma pesquisa publicada no “Frontiers in Endocrinology”, a vitamina D desempenha um papel importante em fatores que influenciam o crescimento do tumor, diferenciação celular e a apoptose (morte da célula).

Pesquisadores descobriram que o aumento da exposição à luz solar e os níveis circulantes de vitamina D estão associados à redução da ocorrência e mortalidade em muitos tipos de câncer.

6 – Pode colaborar com a regulação hormonal e ajudar a melhorar o humor

Por agir como um hormônio e afetar a função cerebral, a deficiência de vitamina D tem sido associada a um aumento do risco de transtornos de humor, incluindo depressão, transtorno afetivo sazonal e problemas graves de humor durante a TPM, insônia e ansiedade. Estas conclusões são de estudos do Departamento de psiquiatria e comportamento do Hospital St Joseph’s, do Canadá.

Níveis baixos de vitamina D também podem interferir na produção adequada de testosterona e estrogênio, levando a desequilíbrios hormonais com sintomas indesejáveis.

7 – Pode auxiliar na melhoria da concentração, aprendizado e memória

conheca-sete-principais-beneficios-da-vitamina-d-para-a-saude-4

Estudos da Universidade de Medicina de Washington mostraram que a vitamina D também afeta nossa capacidade de tomar decisões, concentrar e reter informações.

Os estudos demonstraram que pessoas com níveis mais baixos de vitamina D têm um desempenho ruim em exames padronizados, podem ter habilidades de tomada de decisão deficientes e têm dificuldades com tarefas que exigem foco e atenção.

Além disso, pesquisas da Universidade de Medicina da Arábia Saudita, mostraram uma correlação entre os baixos níveis de vitamina D e um risco aumentado para o desenvolvimento de esquizofrenia e esclerose múltipla.

Você sabia que a vitamina D era tão importante para várias funções de nosso corpo? Então que tal repassar esse conteúdo para seus amigos? Assim eles também podem se beneficiar desse conhecimento, afinal compartilha saúde é Vital!

Referências:
draxe.com
ncbi.nlm.nih.gov/pubmed