Você que acompanha nosso blog já sabe dos inúmeros benefícios que o ômega 3 tem para a saúde. Sabe também que existem vários produtos no mercado e que escolher entre tantas marcas é um desafio.

Felizmente a Vital Âtman é uma empresa que utiliza ômega 3 certificado por instituições internacionais. Além disso, as cápsulas passam por um processo rigoroso de produção e qualidade, para que você receba um produto eficaz e seguro.

SAIBA PORQUE OPTAR POR UM ÔMEGA 3 DA VITAL ÂTMAN

 

Depois que você já entendeu os benefícios do ômega 3 e escolheu as cápsulas da Vital Âtman, vem outra dúvida: qual a quantidade ideal que devo ingerir por dia desta substância?

A quantidade de ácidos graxos ômega 3 que você precisa diariamente depende de vários fatores: desde o seu estado de saúde, idade, necessidades e até a forma pela qual você está se alimentando. 

O ideal é consultar um médico nutrólogo ou um nutricionista. Esse profissional poderá lhe indicar a quantidade de acordo com suas necessidades, idade, peso e condições de saúde.

Mas antes de falar sobre a quantidade, vamos saber um pouco mais sobre o ômega 3

healthy lifestyle, medicine, nutritional supplements and people concept - close up of male hands holding pills with cod liver oil capsules and water glass

O ômega 3 representa uma família de ácidos graxos essenciais (ácidos gordurosos) que não podem ser fabricados no nosso organismo. Eles se dividem em três tipos: ácido eicosapentaenoico (EPA), ácido docosahexaenoico (DHA) e ácido alfa-linolênico (ALA).

O EPA e DHA são os ácidos graxos poli-insaturados ômega 3 de cadeia longa encontrados em suplementos e naturalmente em fontes marinhas, incluindo peixes de águas frias (anchova, salmão selvagem, atum, cavala, arenque), mariscos e algas marinhas, as quais são a fonte original, na cadeia alimentar, desse tipo de substância.

VEJA TAMBÉM: QUAIS OS SINTOMAS DE DÉFICIT DE ÔMEGA 3 NO ORGANISMO

Já o ALA, ácido alfa-linolênico, é um ômega 3 essencial de cadeia curta e de origem vegetal que é convertido em DHA ou em EPA depois de ser ingerido. Ele é encontrado em suplementos e em sementes de chia e linhaça marrom e dourada. Ele também está presente em pequenas quantidades em outras fontes vegetais como o espinafre e a couve. 

E a quantidade?

O que podemos dizer é que, de um modo geral, algumas organizações de saúde recomendam uma quantidade diária de 250 a 500 miligramas (mg) de EPA e DHA para adultos saudáveis.

Mas se você tiver uma necessidade específica como diminuir os triglicerídeos ou deixar os cabelos mais fortes, pode ajustar a dose.

Veja quais são as quantidades ideais de ômega 3 para cada necessidade:

 

1 – Depressão

De acordo com um estudo publicado no “Journal of Psychiatry”, tomar entre 200 e 2.200 miligramas por dia de ácidos graxos ômega 3 pode ajudar a combater a depressão em adultos. Selecionar um suplemento com maiores quantidades de EPA em vez de DHA também pode ser benéfico para o tratamento da depressão.

 

2 – Queda de cabelo

uma-quantidade-de-omega-3-para-cada-necessidade-2

Algumas pesquisas sugerem que os ácidos graxos ômega 3 podem ajudar a manter o cabelo forte e diminuir a queda dos fios. Um estudo feito na França, mostrou que a suplementação com ácidos graxos ômega 3, ácidos graxos ômega 6 e antioxidantes foi capaz de melhorar a densidade do cabelo e diminuir a perda dos fios. A obtenção diária recomendada de 250 a 500 miligramas de EPA e DHA se mostrou ideal para promover a saúde do cabelo, especialmente quando combinada com outras vitaminas para o crescimento dos fios, como zinco, ferro e vitamina C.

VEJA TAMBÉM: CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS DO ÔMEGA 3!

3 – Perda de peso

Vários estudos descobriram que os ácidos graxos ômega 3 podem ter um efeito benéfico na perda de peso e na queima de gordura. Embora a dosagem possa variar com base em vários fatores, estudos da Universidade de Xangai, na China, descobriram que dosagens de 600 a 3.000 miligramas por dia são mais eficazes para isso.

 

4 – Durante a gravidez

Na gravidez, a quantidade de ômega 3 por dia que a mulher consome pode ter um grande impacto no crescimento e desenvolvimento do feto. De acordo com estudos do Centro de Obstetrícia, Ginecologia e Biologia Reprodutiva, da Harvard Medical School, (EUA), para mulheres grávidas, é recomendável obter pelo menos 650 miligramas por dia de EPA e DHA combinados, dos quais pelo menos 300 miligramas devem ser DHA. Usar óleo de peixe ou suplementação derivada de algas é uma maneira fácil e eficaz de atender às necessidades de ômega 3 durante a gravidez.

 

5 – Diminuir os triglicerídeos

uma-quantidade-de-omega-3-para-cada-necessidade

A American Heart Association recomenda suplementos de ômega 3 para pessoas com altos níveis de triglicerídeos. A suplementação deve ser entre 2.000 a 4.000 miligramas de EPA e DHA combinados; essa quantidade pode diminuir os níveis de triglicerídeos em 20 a 40%. Consumir pelo menos duas porções por semana de peixes gordos de mares gelados como anchova, atum, arenque, sardinha ou salmão selvagem também pode ajudar a diminuir os triglicerídeos e melhorar a saúde do coração.

 

6 – Para crianças

A quantidade de ômega 3 por dia para é bem diferente para as crianças. Embora atualmente não exista um conjunto estabelecido de diretrizes para o consumo de DHA ou EPA, muitas organizações recomendam que elas consumam pelo menos 50 a 100 miligramas de EPA e DHA combinados diariamente, com suplementos específicos para elas ou alimentos. Há também uma ingestão diária recomendada estabelecida para ALA, que inclui:

 

Crianças de 1 a 3 anos: 0,7 grama de ALA / dia

Crianças de 4 a 8 anos: 0,9 grama de ALA / dia

Meninas de 9 a 13 anos: 1 grama de ALA / dia

Meninos de 9 a 13 anos: 1,2 gramas de ALA / dia

Meninas de 14 a 18 anos: 1,1 gramas de ALA / dia

Meninos de 14 a 18 anos: 1,6 gramas de ALA / dia

 

Conclusão

Como você viu, a quantidade ideal da ingestão de ômega 3 tem muitas variáveis, entre elas seu estado de saúde e suas necessidades.

Reiteramos que a melhor forma de estabelecer esta quantidade é consultar um profissional da saúde como um nutricionista, nutrólogo ou médico. Estes profissionais saberão lhe indicar a quantidade de ômega 3 por dia de forma personalizada. Assim você pode tirar o melhor proveito do seu suplemento de ômega 3!

E mais: procure sempre por bons suplementos no mercado. Somente eles têm altas concentrações de ômega 3, são livres de metais tóxicos e, no caso das fontes vegetais, são extraídos pelo método de prensagem a frio, técnica que garante a integridade funcional desta matéria prima.

 

Referências:
ncbi.nlm.nih.gov
ahajournals.org
nap.edu/read