Cupom 15% OFF
Procurando data

saúde do coração

Ômegas 14 de fevereiro de 2019

O que são Ácidos Graxos essenciais e por que eles são tão importantes?

Durante décadas, os alimentos com gordura sofreram com má reputação pois todos achavam que eles só faziam mal ao organismo.

No entanto, a gordura dietética e os ácidos graxos essenciais são dois componentes muito importantes para a saúde.

Os ácidos graxos desempenham um papel em quase todos os aspectos da saúde, até mesmo nas células que compõem o corpo.

Existem certos tipos de ácidos graxos que devem ser incorporados à dieta pois eles não são produzidos pelo corpo.

Bem estar 7 de fevereiro de 2019

Conheça 11 principais benefícios das sementes de abóbora

As sementes de abóbora podem ser pequenas, mas estão cheias de nutrientes valiosos.

Comer apenas uma pequena quantidade delas pode fornecer uma quantidade substancial de gorduras saudáveis, magnésio e zinco.

Por causa disso, as sementes de abóbora têm sido associadas a vários benefícios para a saúde.

Isso é Vital 20 de dezembro de 2018

Sete benefícios do salmão que você precisa conhecer!

O salmão, aquele peixe delicioso de cor característica você já conhece, mas sabe desde quando ele é consumido?

Há mais de cinco mil anos a tribo indígena norte-americana Nisqually já consumia este peixe.

O salmão também desempenhou um papel central em muitos aspectos da espiritualidade e da religião…

Ômegas, Qualidade de vida, Saúde 5 de junho de 2018

Gergelim: poderoso aliado da saúde do coração e redução do colesterol

Altamente valorizadas nas culturas oriental, mediterrânea e africana, as sementes de gergelim têm sido usadas há milhares de anos para dar sabor aos alimentos.

Mas você sabia que elas também trazem muitos benefícios à saúde? Elas podem melhorar a saúde do coração, reduzir o colesterol, equilibrar os hormônios e até ajudar na prevenção do câncer?

Ômegas 12 de setembro de 2017

Benefícios do óleo de girassol que você não conhece

Você sabia que o girassol, além de ser uma flor linda, fornece um óleo extraído da semente que pode ser extremamente benéfico para a saúde? Mas para isso é preciso que este óleo seja consumido através de suplementos ou na forma in natura, ou seja, prensado a frio. Mas atenção: é importante salientar que, nos suplementos, para obter os benefícios do óleo de semente de girassol, é imprescindível que ele seja obtido por primeira e única prensagem a frio, pois somente assim são mantidas as propriedades terapêuticas e nutricionais das sementes!

Ômegas, Saúde 30 de novembro de 2016

Por que você deve usar um suplemento de óleo de peixe?

Tanto se fala sobre os benefícios do óleo de peixe, mas você sabe realmente em quê essa gordura boa pode te ajudar? O que garante a principal qualidade do Óleo de Peixe para a nossa saúde é a sua composição rica em ômega-3, um ácido graxo poli-insaturado essencial para o bom funcionamento do corpo.

Delícia!, Eu Bem Melhor, Faz Bem Estar Bem, Isso é Vital 12 de abril de 2016

Óleo de gergelim, mais benefícios do que você imagina!

O óleo de sementes de gergelim tem sido utilizado para fins de cura há milhares de anos, tanto que é mencionado nos Vedas (uma grande obra de textos originários da antiga Índia) como sendo um excelente alimento para os seres humanos.

Os benefícios para a saúde de óleo de gergelim incluem: sua capacidade de melhorar a saúde dos cabelos e da pele, estimular um forte crescimento ósseo, reduzir a pressão arterial, melhorar a saúde do coração, controlar a ansiedade e depressão, melhorar a saúde dental, prevenir o câncer, melhorar o processo digestivo e reduzir a inflamação.

Produzido a partir da prensagem a frio das sementes, o óleo de gergelim  é um dos óleos vegetais menos conhecidos no Brasil, mas é na verdade uma das mais saudáveis ​​opções de óleo vegetal. Pode ser utilizado na suplementação natural e na culinária, onde é mais comumente usado em cozinhas asiáticas, incluindo a chinesa, japonesa e pratos do sudeste asiático, bem como na culinária do Oriente Médio.

O óleo de gergelim também é utilizado em práticas de massagem, devido aos seus benéficos e poderosos efeitos sobre o corpo e a pele. Tem uma ampla gama de benefícios para a saúde ligados a ele, o que torna o óleo de gergelim muito procurado também para a fabricação de vários produtos cosméticos.

Há uma quantidade impressionante de vitaminas, minerais, compostos orgânicos e outros componentes benéficos no óleo de gergelim, e por isso ele é considerado tão saudável! Conheça os benefícios que sua saúde pode experimentar quando você adiciona o óleo de gergelim à sua dieta:

A saúde da pele e cabelos

As sementes de gergelim contêm altos níveis de zinco, um componente vital na formação de colágeno, que fortalece o tecido muscular, cabelos e pele.  Além disso,  apresenta excelentes resultados em marcas de queimaduras cutâneas e também na redução dos sinais de envelhecimento precoce.

Ansiedade e a depressão

Tirosina é um aminoácido que é encontrado em quantidades relativamente elevadas no óleo de gergelim, e é ligada diretamente à atividade de liberação de serotonina no cérebro, o que pode ajudar a melhorar o humor, inundando o corpo com enzimas e hormônios que fazem você se sentir feliz. Ou seja, quando você está sofrendo de ansiedade ou depressão, o óleo de gergelim pode ajudar-lhe com um impulso positivo na direção certa e transformar o humor ao seu redor!

Inflamação

O cobre é uma substância anti-inflamatória natural, e os altos níveis desse mineral encontrados no óleo de gergelim, podem ajudar a reduzir a inflamação e desconforto de várias doenças, como a gota e artrite. Ele reduz o inchaço das articulações, fortalece os ossos e vasos sanguíneos, ajudando a mantê-los fortes e resistentes por muitos anos, sem sinais de dolorosas inflamações.

Crescimento Ósseo

Existem muitos minerais importantes encontrados no óleo de gergelim, em especial cobre, zinco e cálcio, minerais esses, essenciais para o crescimento ósseo. Ao manter uma dieta com um nível adequado de óleo de gergelim, você poderá aumentar a sua taxa de crescimento e desenvolvimento ósseo, assim como acelerar a cura e regeneração dos ossos.

Conforme você envelhece, o óleo de gergelim pode ajudar a evitar a osteoporose e várias outras deficiências relacionadas com a idade dos ossos.

Previne o câncer

As sementes de gergelim possuem não somente o fitato (diretamente ligado a redução do câncer) como também altos níveis de magnésio, que é um mineral essencial diretamente ligado as chances de reduzir o câncer colorretal. Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition descobriu que o risco de tumores colorretais diminuiu 13% e o risco de câncer colorretal diminuiu 12% para cada 100 mg de magnésio tomadas.

Saúde Bucal

Um dos benefícios mais falados sobre o óleo de gergelim é a remoção de placa bacteriana e a manutenção da saúde oral. Existe uma prática chamada “oil pulling”, que se trata de um bochecho feito com uma colher de óleo de gergelim por 20 minutos, diariamente. Esta prática promete melhorar a saúde oral e até mesmo clarear os dentes. Um estudo apresentou resultados, onde  o bochecho com óleo de gergelim reduziu a quantidade de bactérias de estreptococos nos dentes, na saliva e diminuição da placa bacteriana.

Saúde do Coração

O óleo de gergelim, além de delicioso, é considerado super saudável pelo seu teor de ácidos graxos. O óleo de gergelim contém uma grande variedade de ácidos graxos poli-insaturados antioxidantes, incluindo sesamolina, sesamol e sesamina. Eles podem ajudar a manter o sistema cardiovascular equilibrado e os níveis de colesterol baixos. Estes ácidos graxos também podem ajudar a reduzir os níveis colesterol do corpo, reduzindo assim a aterosclerose. Isso significa que você estará bem protegido de ataques cardíacos e derrames se adicionar óleo de gergelim à sua dieta.

Vitamina E natural

O óleo de gergelim é uma das maiores fontes naturais de tocoferol, também conhecido como vitamina E. A vitamina E é mundialmente conhecida e consumida graças às suas poderosas propriedades antioxidantes, que possuem um papel fundamental na proteção do organismo contra os efeitos oxidativos prejudiciais encontrados no ambiente.

Uma consideração
Se estiver fazendo uso de anticoagulante ou medicamentos para afinar o sangue, fale com seu médico ou nutricionista antes de fazer o uso do óleo de gergelim, pois ele auxilia a reduzir a pressão arterial e a afinar o sangue, e o uso combinado com esses medicamentos poderia ser perigoso.

Caso contrário, desfrute do seu óleo de gergelim da maneira que preferir, seja na cozinha, em suplementos ou fazendo uso tópico. Seja saudável e feliz!

Continue acompanhando nossas mídias sociais, teremos novidades em breve!

Destaques, Eu Bem Melhor, Faz Bem Estar Bem, Isso é Vital 19 de janeiro de 2016

Para que serve o Ômega 3?

Embora seja um assunto muito comentado, muitos ainda não conhecem o Ômega 3, não sabem para que serve, nem quais são seus benefícios.

O corpo humano é capaz de produzir a maioria das gorduras que necessita, porém para um melhor funcionamento, precisa também de outras gorduras. Este é o caso de ômega 3 (ácidos graxos) que são gorduras essenciais – o corpo não pode produzi-lo, e deve ser obtido a partir de alimentos. Os alimentos ricos em ômega 3 incluem peixes, óleos vegetais, nozes, sementes de linhaça, óleo de linhaça, chia e vegetais folhosos. Mas não é só isso!  A quantidade ingerida através dos alimentos muitas vezes não é suficiente, sendo necessário assim o uso de um bom suplemento alimentar.

O que é o Ômega 3?

O ômega 3 é um ácido graxo poli-insaturado, com nutrientes fundamentais para o seu corpo.

É composto por 3 gorduras: o ALA (ácido alfa linolênico) encontrado em sementes, como linhaça, chia, nozes, castanhas e hortaliças verdes (como couve e brócolis) e os presentes principalmente no óleo de peixe: O EPA (ácido eicosapentaenóico)  E O DHA (docosahexaenóico).

Para que serve?

O que torna o ácido graxo ômega 3 especial?

Além de ser considerado uma gordura boa, ele é parte integrante das membranas celulares por todo o corpo e afeta a função dos receptores de células nestas membranas. Eles fornecem o ponto de partida para a produção de hormônios que regulam a coagulação sanguínea, contração e relaxamento das paredes das artérias, e inflamações. Eles também se ligam a receptores em células que regulam a função genética. Devido a estes efeitos, os ácidos graxos ômega 3 são utilizados para ajudar a prevenir doenças cardíacas e derrames, podem ajudar a controlar o lúpus, eczema, e artrite reumatoide, e podem desempenhar funções de prevenção do câncer e outras doenças. Outra curiosidade: 60% do cérebro humano é composto por gordura, sabia?

Quais são os benefícios?

Ômega 3 trabalha de diversas maneiras no nosso corpo:

  • Coração – Ele ajuda a prevenir arritmias, auxilia na redução de placas de gordura no interior das paredes das artérias, na diminuição da coagulação do sangue, na redução dos triglicerídeos (gordura no sangue), no aumento do HDL (colesterol bom) e diminuição da inflamação.
  • Cérebro Os ácidos graxos são necessários para o ótimo funcionamento dos neurônios, proteção das células, prevenção da morte das células e melhora da transmissão nervosa. Pesquisas apontam que o ômega 3 pode aumentar os níveis de serotonina e dopamina – produtos químicos do cérebro, diminuindo a depressão e violência. O ômega 3 pode ajudar a proteger contra a doença de Alzheimer e demência, e tem um efeito positivo sobre a perda de memória associada ao envelhecimento gradual. Estudos comprovam que o ômega 3 auxilia também na concentração!
  • Ossos –  densidade óssea pode também ser melhorada pela ingestão de ômega 3.
    Segundo Bruce Watkins professor de nutrição na Universidade de Purdue “A osteoporose é menor em populações que comem mais peixe (marinhos, de águas profundas) como os asiáticos, quando comparado aos europeus que comem mais alimentos que contenham cálcio”.
  • Pele – a pele também pode se beneficiar do ômega 3. Os estudos de laboratório descobriram que o ômega 3 suprime a hiper proliferação de células da pele, que causa a psoríase. Quando os pesquisadores testaram o impacto de ômega 3 em pessoas com psoríase, após 10 semanas, 60% dos indivíduos experimentaram uma diminuição na área da pele afetada pela doença e uma diminuição na proliferação celular e inflamação da pele. O Ômega 3 com seus ácidos graxos vitais e com propriedades anti-inflamatórias, auxilia também no tratamento e prevenção de doenças de pele como acne e alergias. A ingestão de ômega 3 está associada ao risco reduzido de câncer de pele, pois sua ingestão mantém a imunidade alta mesmo após exposição aos raios UV. Os ácidos graxos podem atuar como hidratantes naturais que revitalizam a pele seca de dentro para fora, proporcionando uma pele saudável e bonita.
  • Gravidez – ômega 3 se mostra essencial para um melhor desenvolvimento visual e neurológico do bebê. No entanto, a dieta ocidental padrão é gravemente deficiente nestes nutrientes críticos. Esta deficiência alimentar é agravada pelo fato de que as mulheres grávidas se esgotam em ômega 3, porque o feto o utiliza para o desenvolvimento de sistema nervoso.
    Ômega 3 também é utilizado após o nascimento para produção de leite materno. Com cada gravidez subsequente, as mães são ainda mais exauridas. A pesquisa confirmou que a adição de EPA e DHA à dieta de mulheres grávidas tem um efeito positivo no desenvolvimento visual e cognitivo do bebê. Os estudos mostraram também que um maior consumo de ômega 3 pode reduzir o risco de alergias em crianças. Os ácidos graxos ômega 3 têm efeitos positivos sobre a própria gravidez. O aumento da ingestão de EPA e DHA tem se mostrado positivo para prevenir o trabalho de parto precoce e diminuir o risco de pré-eclampsia. A deficiência de ômega 3 também aumenta o risco de depressão pós parto.
  • Lúpus – os ácidos graxos auxiliam no processo anti-inflamatório das células,  podem ajudar a reduzir a atividade da doença e melhorar a função dos vasos.
  • Emagrecimento – O ômega 3 ativa uma proteína celular chamada PPAR-gama. Acelerada, ela melhora a atuação da insulina nas células, facilitando sua tarefa de converter açúcar em energia. Ele regula os níveis de leptina, favorecendo ainda mais o controle do apetite. Em resumo, embora economizar nas calorias ajude a emagrecer de qualquer maneira, o ômega 3 é essencial para regular a queima dos depósitos gordurosos e a fome, o que evita ataques à geladeira e potencializa a eliminação de medidas.
  • O ômega 3 pode ainda ajudar a prevenir diabetes tipo 2 e melhorar os efeitos da diabetes através da redução da resistência à insulina.
  • Os EUA Food and Drug Administration aprovaram recentemente ômega 3 para as fórmulas infantis por causa da esmagadora evidência de que ele melhora a cognição e o desempenho visual em crianças. (O leite materno fornece naturalmente, especialmente quando a mãe come regularmente peixe proveniente de águas marinhas profundas, tais como salmão, arenque, atum e sardinha.)
  • Doenças inflamatórias tais como artrite reumatoide, colite ulcerativa e doença de Crohn também podem melhorar com a suplementação de ômega 3.

Para escolher um bom Ômega 3, devemos levar em conta que para ter um papel nutricionalmente funcional, deve ser extraído a frio.
Os ômegas derivados de peixe, devem ser provenientes de peixes marinhos de águas frias e profundas, e livre de metais pesados.

Quer saber mais sobre o Ômega 3? Acompanhe nossos próximos posts!

Destaques, Eu Bem Melhor 30 de julho de 2015

Você sabia que o ômega 3 é um amigo do coração?

O ômega 3 pode auxiliar na saúde do coração. Mas, para isso, é fundamental que ele tenha uma boa procedência.

Para explicar um pouco mais sobre o assunto e dar dicas para você escolher um ômega 3 de qualidade, a nutricionista Aline Silva gravou este pequeno vídeo. Não deixe de assistir!


 

Eu Bem Melhor, Faz Bem Estar Bem 16 de janeiro de 2013

Cuide da saúde do seu coração com Óleo de Avelã

Cuidar da saúde do coração pode ter um gosto muito especial, sabia? É que o delicioso Óleo de Avelã, muito usado em receitas de pratos e bebidas doces, graças ao seu leve sabor adocicado, pode atuar na prevenção de muitas doenças cardíacas!

Isso acontece porque, assim como todos os óleos prensados a frio, o Óleo de Avelã conserva todas as propriedades naturais de suas sementes, dentre elas o ômega 9, um ácido graxo monoinsaturado que pode auxiliar na prevenção de doenças  cardíacas. “O alto teor de gorduras monoinsaturadas da avelã, associado à presença de antioxidantes, pode evitar a oxidação do colesterol e colaborar para a prevenção de doenças cardíacas e do acidente vascular cerebral, mais conhecido como AVC”, explica a nutricionista da Vital Âtman Larissa Marin.

Outra boa notícia é que esse óleo, diferente de muitos outros, pode ser levemente aquecido, podendo integrar várias receitas quentes. De acordo com Larissa, “essa estabilidade em altas temperaturas acontece graças à composição do óleo, que apresenta cerca de 80% de ômega 9 e baixa concentração de ácidos graxos ômega 6”. Por isso, a nutricionista deixa a receita: “Uma boa dica para desfrutar o sabor adocicado da avelã é acrescentar umas gotinhas do óleo no cafezinho. O resultado é encantador”.

Óleo de Avelã Vital Âtman

Clique para conhecer o Óleo de Avelã da Vital Âtman

css.php