Hoje pela manhã você acordou, tomou seu café, foi para o trabalho, começou a realizar as atividades do dia a dia e ele estava lá, trabalhando por você.

Chegou a hora do almoço e você sentou à mesa para fazer uma refeição saudável e o dia continuou até à noite, quando você foi dormir para relaxar. Até durante o seu sono ele não parou.

Até agora, enquanto você lê este texto, pode nem estar percebendo, mas ele continua batendo. Já sabe o que é? Seu coração!

Essa máquina bombeia sangue para o seu corpo todo, 24h por dia, desde que você nasceu. E como você está cuidando dele?

Aproveitamos que 29 de setembro é o Dia Mundial do Coração para falar um pouco sobre como você pode cuidar da saúde desse órgão tão importante!

Saiba que seu coração fica muito feliz quando você pratica atividades físicas regularmente, tem uma dieta saudável e separa um tempo para atividades relaxantes como ler, ouvir música ou passar um tempo na natureza.

dia-mundial-do-coracao-saiba-como-cuidar-bem-dele-4

Veja também: ômega 3 nutre o corpo e ajuda no tratamento de doenças!

Com relação à dieta, um dos melhores amigos do coração (e de outros órgãos do corpo) são os ácidos graxos poli-insaturados, também conhecidos como PUFA.

Mas o que são esses ácidos graxos?

Os ácidos graxos poli-insaturados, são substâncias encontradas tanto em alimentos de origem vegetal quanto em fontes animais.

dia-mundial-do-coracao-saiba-como-cuidar-bem-dele-2

A estrutura poli-insaturada consiste em uma molécula de glicerol e três de ácidos graxos que contém pelo menos duas ou mais ligações duplas. Essa estrutura distinta diferencia os PUFAs de outros tipos de gorduras, como gordura monoinsaturada e gordura saturada.

Existem dois tipos principais de gordura poli-insaturada: ácidos graxos ômega 6 e ômega 3. Eles diferem em sua estrutura química e na localização de suas ligações duplas, bem como nos efeitos únicos que eles têm na saúde geral.

Assim como as gorduras monoinsaturadas, as gorduras poli-insaturadas são consideradas um tipo saudável de ácido graxo que pode promover a saúde do coração.

Mas como?

dia-mundial-do-coracao-saiba-como-cuidar-bem-dele-3

Os benefícios dos ácidos graxos poli-insaturados para o coração têm sido extensivamente pesquisados nos últimos anos por cientistas da Universidade de Manitoba, no Canadá.  Os ácidos graxos ômega 3, em particular, estão ligados a vários benefícios quando se trata da saúde do coração.

 Estudos da Universidade de Milão, na Itália, mostram que os ácidos graxos ômega 3 podem ajudar a diminuir os triglicerídeos, diminuir a pressão sanguínea, prevenir a formação de coágulos sanguíneos e melhorar os níveis de colesterol. E mais: pesquisas da Universidade do Norte da Carolina (EUA), demonstraram que os ácidos graxos ômega-3 melhoram as inflamações que podem contribuir para condições crônicas, como doenças cardíacas.

Além disso, os ácidos graxos ômega-3 podem diminuir o risco de derrame e insuficiência cardíaca e reduzir batimentos cardíacos irregulares.

 E como consumir ômega 3 e em que quantidade?

dia-mundial-do-coracao-saiba-como-cuidar-bem-dele-1

 O ômega 3 pode ser encontrado em bons suplementos ou alimentos. A vantagem dos suplementos é que eles são práticos e seguros.

Por exemplo: sabemos que muitos peixes de águas profundas como atum, sardinha, arenque, anchova e salmão selvagem, são boas fontes de ômega 3. Outros alimentos com ômega 3 de origem vegetal incluem nozes, sementes de chia e linhaça.

Entretanto, seria preciso ingerir uma quantidade muito grande destes alimentos para conseguir todos os benefícios do ômega 3.

Além disso, os peixes precisam ser preparados para consumo e alguns podem estar contaminados com metais pesados que são despejados nos oceanos.

Já os bons suplementos são livres de metais tóxicos e contém a quantidade ideal de EPA (ácido eicosapentaenoico) e DHA (ácido docosahexaenoico), substâncias presentes no ômega 3, que você precisa por dia. Além disso, é muito fácil incorporá-los na dieta: basta tomar as cápsulas com água!

E a quantidade?

De modo geral, algumas organizações de saúde recomendam uma quantidade diária de 250 a 500 miligramas (mg) de EPA e DHA para adultos saudáveis diariamente. Porém essa quantidade pode variar de pessoa para pessoa.

O ideal é procurar a orientação de um médico nutrólogo ou de um nutricionista. Este profissional poderá lhe indicar a quantidade de ômega 3 adequada para seu caso, que varia conforme o peso, idade, condições de saúde, entre outros fatores.

 

Então, cuide bem do seu coração e tenha mais qualidade de vida! E se você gostou deste conteúdo, repasse-o aos seus familiares e amigos, afinal compartilhar saúde é Vital!

 

Referências:
ncbi.nlm.nih.gov
experimental & clinical cardiology
draxe.com
mayoclinic.org