O mês de Janeiro vai chegando ao fim e a campanha Janeiro Branco também vai acabando. Com isso, o que você pode levar adiante para ter um ano mais saudável no aspecto psicológico?

Para quem não sabe, o mês de Janeiro foi marcado pela terceira edição da campanha Janeiro Branco, que orienta sobre a importância de identificarmos problemas psicológicos e buscar ajuda para tratá-los. Em uma época em que as taxas de suicídio, depressão, estresse e ansiedade têm crescido de forma exponencial em todo o mundo (segundo dados dos Ministérios da Saúde de todos os países do planeta e da Organização Mundial de Saúde – OMS), campanhas como essa têm sido cada vez mais importantes para conscientizar as pessoas sobre a importância de cuidar da saúde mental.

O combate ao estresse, à ansiedade, à depressão e a diversas outras patologias ligadas ao âmbito psicológico nunca foram tão urgentes na nossa sociedade e você não precisa ter medo ou vergonha de procurar tratamento caso se identifique com qualquer um desses quadros. Investir em saúde mental é investir em equilíbrio emocional, qualidade de vida e longevidade! O que pode ser mais importante do que isso?

Se você ainda está procurando uma boa forma de conduzir sua vida nesse ano que começou, ainda é tempo de priorizar a sua saúde mental. Este é um objetivo elevado, mas não impossível. Comece combatendo o estresse, por exemplo, que é uma das principais causas de patologias físicas e mentais hoje em dia.

Relacionamos abaixo algumas técnicas que irão te ajudar a lidar com crises de estresse, ajudando você a se tornar um ser humano mais calmo e feliz:

  1. Apenas respire.

Seu corpo já tem um lutador de estresse embutido: Sua mente e seus pulmões. Inspire e expire com calma e devagar, preenchendo os seus pulmões de ar por inteiro. Além de se concentrar em sua respiração, tente “aterrar” a si mesmo, fazendo um balanço do seu entorno e envolvendo seus cinco sentidos. Diga a si mesmo: “Sinto que meus pés estão plantados no chão”, “ouço os sons ao meu redor” e qualquer outra coisa que você esteja percebendo sobre o momento presente. Isso pode ajudar a aliviar o estresse e trazer você para o “aqui e agora”.

  1. Saia para uma caminhada pelo menos uma vez por semana.

Exercícios, mesmo que seja apenas uma caminhada, podem afetar sua saúde mental de forma profunda e muito positiva, especialmente em ambientes abertos, onde você possa ver árvores, pássaros, o céu e o horizonte, além de tomar um pouco de sol, que é importantíssimo para fixar a vitamina D e ativar várias funções orgânicas e mentais. Pesquisas demonstram que uma caminhada na natureza pode aliviar sintomas depressivos e aumentar significativamente o seu humor.

  1. Experimente novas experiências.

Estudos mostram que gastar dinheiro em experiências que você deseja ter ajuda a trazer maior alegria e satisfação. Faça em 2017 coisas que você vive adiando por falta de tempo ou prioridade, não use a falta de dinheiro como desculpa pois sempre há algo que se possa fazer gastando pouco. Já foi fazer um picnic no parque com as crianças? Ou foi ao cinema com algum amigo? Planeje e priorize algo realmente novo e diferente em sua vida e verá que não é tão difícil ter satisfação em coisas simples e viáveis, mas que você nunca realiza.

  1. Mantenha um diário de gratidão.

Pesquisas sugerem que anotar as coisas que você aprecia pode ajudar a melhorar o seu bem-estar mental, pois alivia o estresse e faz você pensar em coisas realmente importantes e belas em sua vida.

  1. Dê uma chance para a terapia.

Não há nada de errado em buscar apoio em saúde mental. Os especialistas concordam que a terapia de conversação é extremamente benéfica para classificar e gerenciar quaisquer emoções negativas ou problemas de saúde comportamental. Se você tiver resistência em falar com alguém cara a cara, existem serviços online  que também podem ser uma maneira para você classificar o que está acontecendo com o seu bem-estar psicológico. Não há nenhum método de partida que seja errado quando se trata de encontrar ajuda profissional.

  1. Faça uma pausa na mídia.

Se você esteve se sentindo para baixo com todas as notícias terríveis de 2016, você não está sozinho. Pesquisas mostram que a constante exposição a notícias negativas pode ter um impacto prejudicial sobre a saúde mental. Se toda essa bagagem de informações estiver pesando sobre você, tente se desconectar ou cortar o consumo de mídias por um período de tempo.

  1. Ouça músicas relaxantes.

Quando você está se sentindo ansioso, basta pressionar play. Pesquisas indicam que uma melodia específica pode reduzir a sua ansiedade em até 65 por cento. Especialistas em ansiedade identificaram clinicamente “a música mais relaxante do mundo”, “Weightless” da Marconi Union, com base em medidas como a atividade cerebral e as frequências cardíacas dos participantes do estudo. Vale a pena se permitir parar para ouvir!

  1. Vá para a cama uma hora mais cedo.

O sono é um elixir mágico quando se trata de saúde mental. Pesquisas mostram que perder uma hora de sono pode dificultar o equilíbrio das emoções e torná-lo mais irritado, além de causar problemas de saúde em geral.

  1. Tente reduzir o consumo de álcool.

Claro, um bom copo de vinho tinto ao final de um longo dia é uma coisa. Mas muitos drinks após uma semana de trabalho difícil – e a ressaca subsequente – não podem estar fazendo qualquer favor quando se trata de saúde psicológica. Algumas pesquisas sugerem que beber frequentemente pode levar a um aumento da ansiedade e estresse.

  1. Fuja de pessoas tóxicas.

Uma coisa é o seu melhor amigo estar passando por um momento difícil e você estar lá para ajudá-lo, outra coisa é estar com alguém que vive constantemente estressado com todas as situações. Isso pode estar prejudicando o seu bem-estar, pois segundo pesquisas, o estresse – assim como a alegria – pode ser contagioso. Então, escolha suas companhias com sabedoria. Você pode amar todos, mas não precisa ter todas as pessoas por perto, certo?

  1. Diga às pessoas quando você estiver se sentindo ansioso.

Compartilhar suas emoções é poderoso, e os especialistas concordam: falar sobre a sua ansiedade – particularmente com os profissionais de saúde mental – é fundamental para gerenciar e diminuí-la.

  1. Se puder, doe o seu tempo para uma organização significativa para você.

“Além de melhorar a vida dos outros, há evidências convincentes de que o voluntariado pode realmente melhorar a saúde mental do voluntário, aumentando o sentido de propósito e fortalecendo as conexões sociais”, disse Srijan Sen, professor do Centro de Depressão da Universidade de Michigan.

  1. Ou apenas execute atos aleatórios de bondade.

“Fazer o bem sem olhar a quem” pode ser uma ótima maneira de melhorar o humor e de encontrar satisfação. Quando fazemos o bem, espalhamos amor e sorrisos, e isso é contagiante.

  1. Permita-se chorar e perdoe-se por isso

Sim, você leu corretamente. Os seres humanos experimentam um espectro de emoções e cada um merece atenção. Pesquisas mostram que o choro pode ser catártico e permite que você processe melhor o que quer que esteja perturbando você.

  1. Planeje uma viagem de férias

O ato de antecipação é tanto uma recompensa como as férias em si. Pesquisas sugerem que planejar uma viagem pode aumentar sua felicidade. Não importa se é uma aventura de fim de semana ou uma desculpa para usar os seus dias de férias.

  1. Recite auto afirmações.

Os diálogos internos podem ser incrivelmente brutais. Mas pesquisas promissoras mostram que as autoafirmações – ou o ato de se concentrar nos seus pontos fortes e no que você valoriza – podem ajudar a combater algumas das negatividades que seu cérebro tende a produzir. Por exemplo, você é um tipo criativo? Pense em como você descobriu isso e as maneiras que você expressou sua criatividade no passado. Especialistas dizem que esta técnica é forma de amortecimento contra o estresse e você fica pensando em itens que alimentam um sentido positivo de si mesmo.

  1. Não exija de si mais do que é capaz de realizar

Muitas vezes os seres humanos pressionam-se a fazer tudo de uma vez, o que pode levar ao esgotamento e à culpa. Você é o seu pior crítico. Comece a aceitar-se totalmente, pesquisas mostram que esta é a chave para uma vida mais feliz, mais cedo ou mais tarde você estará em seu caminho para ser mais exuberante e tranquilo, o importante é saber onde quer ir, o ritmo é você quem faz.

Com todas estas dicas, permita-se viver uma vida com menos estresse e mais saúde mental.

Compartilhe este post com seus amigos e siga em frente para um ano com muito mais PAZ!

Tranquilidade é Vital 🙂