Diz o senso comum que homem não gosta de ir ao médico. Geralmente eles são empurrados pela esposa, namorada ou até pela mãe ao consultório.

Se você se identificou, que tal repensar seus hábitos? Sabemos uma boa qualidade de vida passa, necessariamente, por uma boa alimentação, prática de exercícios físicos, atividades relaxantes e sim, check-ups regulares da saúde.

E tem mais: como estamos no Novembro Azul, mês de prevenção e conscientização do câncer de próstata, não custa perguntar: você está em dia com os exames preventivos?

VEJA TAMBÉM: QUAIS OS TRATAMENTOS PARA O CÂNCER DE PRÓSTATA

Lembre-se de que, se descoberto no início, as chances de cura desta doença são de 90% mas, se detectado em estágio avançado, essas chances diminuem para 10% a 20%!

Por isso, é importante deixar o preconceito de lado e fazer o exame de toque retal e o de sangue, também conhecido como PSA.

 

Mas quais os principais sintomas do câncer de próstata?

cancer-de-prostata-saiba-como-aliviar-os-sintomas-do-tratamento-4

  • Dificuldade em urinar normalmente. Isso pode incluir sensação de queimação ou dor, problemas para iniciar e manter um fluxo constante de urina, fluxo urinário fraco, vazamento de urina, necessidade de urinar com mais frequência, micção excessiva à noite ou retenção urinária (não ser capaz de urinar);
  • Problemas sexuais, incluindo disfunção erétil (dificuldade em manter uma ereção), ejaculação dolorosa ou diminuição da quantidade de líquido ejaculado;
  • Sangue na urina ou no sêmen;
  • Pressão ou dor na virilha e no reto;
  • Dor ou rigidez na região lombar, quadris, pelve ou coxas causadas pela próstata aumentada.

VEJA TAMBÉM: QUAIS OS FATORES DE RISCO PARA O CÂNCER DE PRÓSTATA?

 

Estou em tratamento, e agora?

Nesse caso saiba como passar pelo tratamento da melhor maneira possível através do controle dos sintomas. Veja!

 

1 – Controle o estresse

cancer-de-prostata-saiba-como-aliviar-os-sintomas-do-tratamento

Lidar com os sintomas do câncer de próstata e fazer o tratamento pode ser muito estressante. Ele pode reduzir a qualidade de vida e aumentar a ansiedade ou a depressão. Experimente práticas que trabalham a mente e o corpo como yoga ou dança.  Entre outras práticas que ajudam a relaxar, estão acupuntura, exercícios de respiração e meditação. Experimente também passar mais tempo na natureza e incluir atividades relaxantes no seu dia a dia como boas leituras e ouvir boas músicas.

 

2 – Cuide-se

Tente dormir o suficiente, de forma que, ao acordar, esteja descansado. Procure ter mais contato com amigos, saia de casa e tome sol antes das 10h e depois das 16h. Tenha uma dieta rica em nutrientes que ajudem a estabilizar seu humor e lhe deem energia. Inclua frutas e legumes, proteínas, probióticos, alimentos ricos em fibras e gorduras saudáveis.

 

3 – Pratique exercícios

Tente se exercitar, mas sem ultrapassar seus limites. Tudo bem se algum dia você se sentir com menos energia e dormir até tarde. Lembre-se, você está em tratamento. O exercício físico é benéfico para aumentar o fluxo sanguíneo e combater a depressão, o que pode ajudar a reduzir alguns sintomas de disfunção erétil.

 

4 – Saiba mais sobre a doença

Aprender sobre a doença, sintomas e opções de tratamentos mais recentes podem ajudá-lo a se sentir no controle. Você pode ler bastante sobre as mais recentes abordagens de tratamento ou pedir ao seu médico para explicá-las. Existem também muitos grupos de suporte, fóruns e livros que oferecem informações. Apenas tome cuidado para buscar fontes confiáveis. 

 

VEJA TAMBÉM: COMO PREVENIR O CÂNCER DE PRÓSTATA?

 

5 – Procure grupos de apoio

Conectar-se com outros pacientes com câncer fará com que você se sinta menos sozinho e é uma ótima maneira de aprender sobre o que funcionou para outras pessoas na mesma situação. Sentir que você não é o único que está passando por isso e ouvir as pessoas ajuda a aliviar preocupações e angústias.

 6 – Conte com a família

cancer-de-prostata-saiba-como-aliviar-os-sintomas-do-tratamento-2

Você pode não se sentir à vontade para falar sobre sua doença com outras pessoas, mas estar aberto com um terapeuta, família ou um amigo poderá reduzir seu sentimento de isolamento. Se estiver sobrecarregado, cansado e incapaz de acompanhar as tarefas diárias, não tenha medo de pedir ajuda. Por exemplo: sua esposa ou um amigo podem ajudá-lo a no suporte emocional e até mesmo nas tarefas do dia a dia!

7 – Converse com sua parceira  

Muitos homens que sofrem de câncer de próstata lutam com a disfunção erétil. Nesse caso os especialistas recomendam o diálogo. Converse com a pessoa com a qual você está se relacionando e diga como você está se sentindo, para que ela entenda. Mesmo que você não consiga se soltar, experimente, por um tempo, práticas a dois como massagem, toque e abraços, que são maneiras pelas quais vocês podem permanecer conectados.

Conversar com um terapeuta sobre suas preocupações também é uma boa ideia. É compreensível sentir raiva, ansiedade, tristeza e outros sentimentos, mas ter alguém com quem conversar sobre isso pode acalmar a mente e melhorar seu estado de humor.

 

DICA DE SAÚDE

Vital Pro: Óleo de sementes de abóbora em cápsulas

 

VEJA TAMBÉM: COMO O ÓLEO DE SEMENTE DE ABÓBORA PRENSADO A FRIO PODE ATUAR COMO COADJUVANTE NO TRATAMENTO E PREVENÇÃO DO CÂNCER DE PRÓSTATA

Se você gostou deste conteúdo repasse-o para seus amigos e homens da sua família, afinal compartilhar saúde é Vital!

 

Referência:
draxe.com