Sabemos que os atletas têm um treinamento intenso, muito superior àquele em que as pessoas praticam nas academias ou nos parques.

Por isso é muito importante que eles saibam como recuperar os músculos após os treinos, pois a carga nas fibras musculares é grande. 

Então o que fazer? Na verdade, o que o atleta faz entre os treinamentos faz toda a diferença para preservar os músculos e até fazer com que eles se desenvolvam mais e melhor

Como assim?

Primeiro vamos falar sobre o que NÃO fazer!

1 – Treinar demais e não dar um tempo para o corpo descansar.

Atleta: seu corpo precisa descansar para crescer. Seus músculos não crescem quando você está se exercitando, mas sim quando enquanto você dorme, descansa e se recupera. Portanto, não treine demais.  Descanse pelo menos de um a dois dias por semana para que seus músculos relaxem completamente.

2 – Consumir grandes quantidade de açúcar e “fast food”

atleta-saiba-como-melhorar-sua-recuperacao-muscular-apos-os-treinos-2

Dificilmente, se você é atleta, vai ingerir alimentos com muito açúcar ou “fast foods”. Entretanto, se não consegue resistir a estes alimentos, está causando inflamações que irão retardar sua recuperação muscular. O mesmo vale para alimentos fritos em óleos hidrogenados: eles vão desencadear inflamações causadoras de doenças e desacelerar sua recuperação muscular.

3 – Não faça movimentos isolados

Se quer desenvolver mais músculos, faça mais movimentos compostos, que são aqueles que trabalham vários grupos musculares. Entre eles estão: agachamento com barra, supino com barra, ombros com halteres e abdominais.  

 

E como melhorar a condição dos músculos de forma adequada?

Omega-3 for you

1 – A primeira providência é consumir alimentos anti-inflamatórios como os que contêm ácidos graxos ômega-3. Esta substância é encontrada em peixes gordos de mares gelados como atum, anchova, arenque, sardinha e salmão selvagem e sementes de chia, linhaça, nozes.

Você também pode obter o ômega 3 através de bons suplementos que contêm a quantidade de nutrientes ideal para suas necessidades diárias e são fáceis de incorporar na rotina

2 – Você também deve ingerir muitas proteínas e aminoácidos. Logo após o treino, você pode fazer uso de  aminoácidos de colágeno e proteína de soro de leite de boa qualidade para melhorar a saúde e força. Eles são ideais para ajudar na recuperação muscular após o treino.

 3 – Insira mais frutas e vegetais em sua dieta. Isso porque, além das proteínas, você também precisa das vitaminas e minerais das frutas e legumes. O ideal é ingerir de cinco a dez porções de frutas e legumes por dia.

VEJA TAMBÉM: BENEFÍCIOS DO ÔMEGA 3 QUE TODOS ATLETAS PRECISAM CONHECER! 

 

Lembre-se é fundamental que você siga  as recomendações do seu treinador. Ele conhece seu corpo, suas necessidades e objetivos e poderá lhe passar o melhor treinamento. Também é importante consultar um nutricionista para que ele faça um plano alimentar específico para suas necessidades. 

Se você gostou deste conteúdo repasse-o para seus amigos, afinal compartilhar saúde é Vital!

 
Referência:
draxe.com