Você sabe o que a asma, hipertensão, diabetes, doenças cardíacas, e artrite têm em comum? Todas são desencadeadas por processos inflamatórios!

A princípio isso não é ruim, pois significa que os mecanismos de defesa do seu corpo estão agindo, porém o problema é quando o sistema imunológico começa a atacar tecidos corporais saudáveis, desencadeando estas doenças.

E o que fazer para combatê-las? A maioria das pessoas recorre à remédios, mas existe uma forma mais saudável de ajudar a controlar estas doenças e que está ao alcance de todos: a alimentação. Certos alimentos podem melhorar muito os sintomas destas doenças e até preveni-las.

Saiba quais são eles:

1 – Folhas verdes
São ricos em antioxidantes que restauram a saúde celular, bem como em flavonoides anti-inflamatórios. Uma boa dica é consumi-los em forma de suco e combiná-los com outros alimentos como acelga, ótima fonte de vitamina K.

melhores-alimentos-anti-inflamatorios4
2 – Repolho
Excelente fonte de vitaminas, minerais antioxidantes e ácidos hidroxicinâmicos, que eliminam os radicais livres. A culinária chinesa inclui o repolho em muito dos seus pratos, então fica a dica!


3 – Aipo
Estudos farmacológicos recentes mostraram que, entre os benefícios do aipo, estão propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que ajudam a melhorar a pressão arterial e os níveis de colesterol, além de atuar na  prevenção de doenças cardíacas. Já as sementes de aipo ajudam a diminuir a inflamação e a combater infecções bacterianas. Elas são uma excelente fonte de potássio, bem como de antioxidantes e vitaminas.

4 –  Beterraba
Um bom indicador para saber se um alimento é antioxidante e anti-inflamatório é a sua cor pronunciada, e a beterraba se encaixa bem neste perfil. Além da reparação de células afetadas pelos processos inflamatórios, a beterraba contém magnésio – a deficiência deste nutriente está fortemente ligada a condições inflamatórias –  e mais: o cálcio não é processado bem dentro do corpo sem magnésio. Quando isso acontece, esta substância pode se acumular no organismo favorecendo o aparecimento de inflamações e pedras nos rins.

melhores-alimentos-anti-inflamatorio8

5 – Brócolis
É essencial em uma dieta anti-inflamatória. O brócolis é rico em potássio e magnésio, e seus antioxidantes são substâncias anti-inflamatórias muito potentes. Isso porque contém vitaminas-chave (flavonoides e carotenoides) que trabalham juntas para diminuir o estresse oxidativo no corpo, ajudando a combater a inflamação crônica e até o risco de câncer.

6 –  Mirtilo
Possui um antioxidante que se destaca como um anti-inflamatório poderoso, a quercetina. Encontrado em alimentos cítricos e no azeite, esta substância é um flavonoide que combate inflamações e podendo até prevenir o câncer. E mais: estudos mostraram que o consumo de mirtilo pode melhorar a memória e as funções motoras.

7 –  Abacaxi
Geralmente, quando é disponibilizada em forma de suplemento, a quercetina é combinada com bromelina, uma enzima digestiva que é um dos pontos fortes do abacaxi. Depois de ser usada por anos como alimento anti-inflamatório, observou-se que a bromelina ajuda a regular a resposta imune do organismo, evitando inflamações indesejadas ou desnecessárias.
A bromelina presente no abacaxi também pode ajudar a combater a coagulação do sangue, isso para pessoas que precisam tomar uma aspirina por dia para diminuir o risco de ataque cardíaco. Outro benefício desta fruta são os altos níveis de vitamina C, vitamina B1, potássio e manganês, além de outros antioxidantes especiais que ajudam a prevenir doenças.

melhores-alimentos-anti-inflamatorios8

8 –  Salmão
Este peixe selvagem (não o de cativeiro), é uma excelente fonte de ácidos graxos essenciais para o organismo e é considerado um dos alimentos mais ricos em ômega 3. Como esta  substância não é  produzida pelo nosso organismo, é fundamental que ela seja usada como suplemento em sua dieta.

O Ômega 3 é uma das substâncias anti-inflamatórias mais potentes encontradas na natureza! Ela pode aliviar as inflamações e reduzir a necessidade de medicamentos anti-inflamatórios. E mais: pesquisas mostram que os ácidos graxos ômega 3 auxiliam na redução da inflamação e podem ajudar a reduzir o risco de doenças crônicas, como doenças cardíacas, câncer e artrite. Os ácidos graxos ômega 3 são altamente concentrados no cérebro e são importantes para a cognição (memória cerebral e desempenho) e funções comportamentais.

9 – Nozes
Se você não consome muita carne, poder compensar sua alimentação com uma dieta rica em nozes, que contêm proteína e ômega 3. Experimente adicionar nozes com saladas de folhas verdes e azeite. É uma ótima receita anti-inflamatória! Além disso, as nozes contêm fitonutrientes difíceis de encontrar em outros alimentos. Eles protegem o corpo contra problemas cardiovasculares e diabetes tipo 2.
melhores-alimentos-anti-inflamatorios710 – Óleo de coco
Os lipídios (gorduras), presentes especialmente no óleo de coco, são ricos em compostos anti-inflamatórios. Estudos feitos na Índia revelaram que os altos níveis de antioxidantes presentes no óleo de coco virgem, reduziram a inflamação e combateram a artrite de forma mais eficaz do que os principais medicamentos utilizados para esta função. E mais: o estresse oxidativo e os radicais livres, que são uma das causas da osteoporose, também podem ser combatidos com o óleo de coco.

Close-up of coconut oil on the wooden spoon


11 – Semente de chia
Os ácidos graxos encontrados na natureza normalmente são mais equilibrados do que as gorduras consumidas em alimentos processados. As sementes de chia contêm ômega 3 e ômega 6, que devem ser consumidos em equilíbrio um com o outro. A chia também é uma ótima fonte antioxidante, anti-inflamatória e contém ácidos graxos essenciais como os alfa-linolênico e ácido linoleico. E mais: contêm mucina, estrôncio, vitaminas A, B, E e D e minerais, incluindo enxofre, ferro, iodo, magnésio, manganês, niacina e tiamina. Pela sua capacidade de ajudar a reverter a inflamação, regular o colesterol e baixar a pressão arterial, a semente de chia é extremamente benéfica para a saúde do coração.

 

12 –  Semente de linhaça
São uma excelente fonte de ômega 3 e fitonutrientes que proporcionam vários benefícios: têm propriedades antienvelhecimento e ajudam no equilíbrio hormonal e saúde celular. Os polifenois contidos nestas sementes, promovem o crescimento de probióticos no intestino e também podem ajudar a eliminar a cândida no corpo.
Uma boa dica é triturar as sementes para garantir a melhor absorção de seus nutrientes no trato digestivo.
melhores-alimentos-anti-inflamatorios9


13 –  Cúrcuma
Seu principal composto é a curcumina, um anti-inflamatório potente. Seus benefícios contra inflamações foram comprovados em diversos casos, e uma dieta anti-inflamatória deve preferencialmente contê-la na receita.


14 –  Gengibre
Consumido fresco, seco ou em forma de suplemento e extratos, o gengibre é outro modulador imunológico que ajuda a reduzir a inflamação causada por respostas imunes hiperativas. A medicina ayurvédica já reconheceu a capacidade do gengibre de fortalecer o sistema imunológico. Por ser tão eficaz no aquecimento do corpo, ele pode ajudar a quebrar o acúmulo de toxinas em seus órgãos. Também é conhecido por limpar o sistema linfático, que é o sistema que descarta os dejetos do nosso corpo.

Fresh sliced ginger root and ground ginger on white wooden background

Para finalizar, se você quer proteger seu corpo de doenças inflamatórias, comece a ingerir estes alimentos e integrá-los em sua dieta. Também ajuda muito manter uma rotina regular de exercícios físicos e incorporar na sua vida atividades relaxantes como passeios, leitura e música!

Viver bem é Vital!  

Fonte: draxe.com/anti-inflammatory-foods/