O câncer é tão sério que temos duas datas, uma nacional e uma mundial, para chamar a atenção para esta doença. A nacional (criada pelo Ministério da Saúde) aconteceu no dia 04 de fevereiro e a mundial será no dia 08 de abril, por iniciativa da OMS (Organização Mundial da Saúde).

Nestas datas, entidades médicas ampliam as campanhas de diagnóstico e alertam a população sobre o diagnóstico precoce da doença.

A cada ano as estatísticas sobre os casos de câncer em todo o mundo têm registrado um aumento gradativo e o Brasil segue esta tendência.

Segundo os dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer) foram registrados mais de 600 mil novos casos de câncer no Brasil, apenas entre os anos de 2016 e 2017.

Neste post vamos falar sobre como a alimentação pode ajudar e também sobre a prevenção dos cânceres mais comuns para homens (próstata) e mulheres (mama). Veja:  

Alimentos que ajudam no combate ao câncer

1 – Própolis verde

dia-mundial-do-cancer-2

Através de diversos testes e estudos japoneses, liderados pelo renomado Dr. Tetsuo Kimoto, foi verificado que o Artepillin-C tem uma elevada capacidade de eliminar diferentes tipos de células tumorais, além de ativar o sistema imune e não causar efeitos colaterais.

Além da excelente ação bactericida, a própolis verde demonstrou ter uma elevada capacidade de eliminar diversos tipos de células tumorais de culturas “in vitro” e células cancerígenas transplantadas em camundongos. Com essas pesquisas, os cientistas constataram que “o Artepillin C eliminou as células de câncer seletivamente, sem efeitos colaterais, e promoveu a restauração e isolamento das seções danificadas pelas células tumorais”, o que é uma excelente notícia.

2 – Cúrcuma

A cúrcuma é um destruidor de células cancerígenas e trabalha em quase todos os tipos de câncer. Seu composto ativo, curcumina, tem a capacidade de matar e promover simultaneamente o crescimento celular saudável. Você pode consumir na forma de cápsulas (apenas orgânico) ou usar como o principal tempero de sua comida. É preciso um mínimo de 95% de curcuminoides na quantidade de três gramas de 3 a 4 vezes ao dia.

3 – Cogumelos

Os cogumelos Shiitake, Reishi e Maitake estimulam o sistema imunológico, constroem resistência aos vírus e bloqueiam a formação de tumores. O cogumelo ABM (Agaricus Blazel Murill) é clinicamente o mais forte cogumelo de combate ao câncer e crescimento imune disponível.

4 – Vitamina C

Aumentar a sua dosagem de vitamina C é uma das formas mais fáceis de aumentar a imunidade. Baixos níveis de C estão ligados a infecções e doenças. A vitamina C não é perigosa em doses elevadas e não apresenta efeitos colaterais no aumento de sua ingestão. A vitamina C lipofílica pode quebrar as barreiras lipídicas das células e aumentar a absorção até 90%, prevenindo vírus, doenças, câncer e melhorando a saúde cardiovascular.

5 – Vitamina D

dia-mundial-do-cancer-3

Outra vitamina aliada no combate ao câncer, a vitamina D, foi testada clinicamente para reduzir o risco de 17 tipos diferentes de câncer. A deficiência de vitamina D está ligada a distúrbios autoimunes e diretamente correlacionada às mortes por câncer. A vitamina D ajuda a matar vírus, fungos e bactérias. O banho de sol ainda é a melhor fonte de vitamina D, recomenda-se de 20 a 30 minutos por dia de sol direto sobre a pele exposta.

6 – Alho

Estudos mostram que o consumo de alho pode reduzir o risco de desenvolver vários tipos de câncer, especialmente cânceres do trato gastrointestinal. Use alho fresco para obter seu benefício máximo, pois o calor pode diminuir sua eficácia.

7 – Selênio

Comer duas castanhas do Pará por dia pode manter seus níveis de selênio em alta. Esta é uma substância muito importante na luta contra o câncer pois reduz o risco de vários tipos desta doença e é considerado um “mineral milagroso” por suas qualidades imunológicas.

8 –  Gorduras do bem

dia-mundial-do-cancer-4

O consumo de gorduras saudáveis é essencial para a nossa saúde e a melhor delas é o ômega 3. Os ácidos graxos ômega 3 incluem o ácido alfa-linolênico (ALA) – encontrado na linhaça – o ácido eicosapentaenoico (EPA) e o ácido docosahexaenóico (DHA) – encontrados nos peixes de águas salgadas e profundas. Os ômegas 3 são considerados os tipos de gordura mais benéficas para a saúde humana, já que participam de inúmeros processos químicos importantes em nosso corpo, evitando diversas doenças degenerativas e mantendo a nossa imunidade lá em cima.

Prevenindo o câncer de próstata

dia-mundial-do-cancer-5

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que até 2019 sejam diagnosticados 68.220 novos casos de câncer de próstata no Brasil. Isso corresponde a 66,12 novos casos a cada 100 mil homens.

A prevenção é feita com a realização de exames de toque retal e o de sangue, também conhecido como PSA. Se descoberto no início, as chances de cura são de 90%. Além disso, a prática de alguns hábitos saudáveis pode ajudar a prevenir o câncer de próstata: de acordo com o INCA, uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos, cereais integrais e com menos gordura de origem animal pode colaborar a diminuir o risco de câncer, como também de outras doenças crônicas não transmissíveis.

Outras práticas saudáveis também são recomendadas, como fazer, no mínimo, 30 minutos diários de atividade física, manter o peso adequado à altura, diminuir o consumo de álcool e não fumar.

Prevenindo o câncer de mama

dia-mundial-do-cancer-6

O câncer de mama tem altas chances de cura quando diagnosticado precocemente. Porém, ainda é o que mais mata mulheres no Brasil.

Por isso, é tão importante que as mulheres, independentemente da idade, conheçam o próprio corpo e realizem o autoexame das mamas para verificar se há alguma anormalidade.

Ao identificar qualquer tipo de alteração, é preciso procurar imediatamente um serviço de saúde para passar por uma avaliação profissional.

Veja os sinais que você deve verificar e estar sempre atenta

– Presença de caroços (nódulos), geralmente indolores;

– Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja;

– Alterações no mamilo (bico do peito);

– Pequenos nódulos na região dos braços (axilas) ou pescoço;

– Saída de líquido anormal das mamas.

Exames de rotina

Além de sempre prestar muita atenção ao próprio corpo, as mulheres devem realizar exames de rotina de acordo com a sua idade. O autoexame já pode ser feito a partir dos 20 anos. Já a mamografia deve ser feita a partir dos 40 anos. Estes dois exames ajudam a identificar o câncer de mama antes que os sintomas apareçam, aumentando muito as chances de cura.

Concluindo

Nunca deixe sua saúde para depois principalmente quando se trata da prevenção do câncer. Quando diagnosticados no início, alguns têm até 90% de chances de cura.

Então previna-se, cuide da sua alimentação, tenha uma vida saudável e realize exames de rotina.

Repasse essas informações para seus amigos, afinal, compartilhar saúde é Vital!

Referências
www.healthline.com/
www.prevention.com/
draxe.com/

 

A Vital Âtman não indica a automedicação e a interrupção de qualquer tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Para que as ações destes importantes nutrientes sejam bem aproveitadas, recomendamos uma dieta equilibrada, rica em Legumes, verduras e Frutas, evitando alimentos ultra processados, de acordo com as orientações do Novo Guia Alimentar.

Para começar a obter os efeitos desejados, recomendamos o consumo por um período mínimo de 3 meses.